Casas do Cidadão recebem mutirão de renegociação de dívidas com a CDHU

04/11/2019

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), empresa vinculada à Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo, realiza no próximo dia 9 de novembro (sábado), em Sorocaba, um mutirão de renegociação de dívidas de mutuários que estejam inadimplentes. O mutirão será realizado das 9h às 16h, em três unidades das Casas do Cidadão (Ipanema, Itavuvu e Ipiranga). A iniciativa é realizada em parceria com a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid), que está cedendo os espaços para o atendimento dos mutuários e também com o Procon-Sorocaba e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc).

A ação faz parte da campanha “CDHU em Dia”, que oferece condições especiais para facilitar a renegociação de débitos do financiamento habitacional dos mutuários que estejam inadimplentes, com atrasos a partir de três prestações de sua moradia. As medidas incluem benefícios como a isenção de juros para quem quitar a dívida integralmente ou à vista, além da isenção da entrada para quem deve até 11 prestações e não possui acordo anterior.

De acordo com o gerente regional da CDHU, Eric Vieira, “o apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cidadania, é fundamental para que possamos realizar essa iniciativa. Nós poderíamos realizar o mutirão em qualquer outro lugar, mas isso causaria grandes transtornos ao público que queremos atender. As Casas do Cidadão Ipiranga, Ipanema e Itavuvu estão próximas de todos os nossos conjuntos habitacionais da cidade e essa facilidade logística de acesso dos mutuários aos locais de negociação, num sábado, além da estrutura disponibilizada para esse atendimento são essenciais para nós”, destacou o gerente regional. Nesse dia, 45 funcionários da empresa serão distribuídos nas três unidades das Casas do Cidadão para atender os mutuários.

Dados da CDHU revelam que Sorocaba ocupa a penúltima posição no ranking de inadimplência. A média de inadimplência entre os mutuários sorocabanos é considerada alta, chegando à casa dos 25%, ou seja, de cada quatro mutuários, um está em atraso. Bauru, que lidera esse ranking, tem inadimplência de apenas 8%. “O que nós queremos é oferecer a oportunidade para que os mutuários que estejam em atraso com suas prestações, regularizem sua situação perante a CDHU, inclusive aproveitando este período em que muitos recebem o seu 13º salário”, destaca Eric Vieira. Ele diz ter uma expectativa de que o mutirão resulte em acordo para 60% dos mutuários inadimplentes.

O gerente regional da CDHU acentua que, além do aviso da realização do mutirão pela imprensa, todos os mutuários inadimplentes foram notificados por correspondência para comparecer à negociação. “Todos os mutuários da CDHU são cadastrados, temos os seus contatos e já providenciamos essa comunicação direta também para que possamos atingir os nossos objetivos nesse processo de negociação”, explica.

O valor médio das prestações da CDHU em Sorocaba é de R$ 300, mas há casos em que a prestação do imóvel, que é subsidiado, é de apenas R$ 80/mês. Na cidade a Companhia tem um total de oito conjuntos habitacionais construídos. Secom/Sorocaba

Tweets
Voltar ao Início