Comissão processante que investiga prefeito de Sorocaba realiza primeira oitiva

29/05/2019

A comissão processante que investiga possível infração político-administrativa do prefeito José Crespo ouviu ontem à tarde, 28, a secretária de Cidadania e Participação Popular (Secid), Suelei Gonçalves, primeira testemunha a prestar depoimentos ao grupo.

Respondendo a questionamentos do presidente da comissão, Silvano Junior (PV), do relator Hudson Pessini (MDB) e do membro Luis Santos (Pros), Suelei Gonçalves explicou como funcionava o programa Sorocaba Voluntária, por meio do qual a Secid fazia o cruzamento de dados entre candidatos cadastrados e entidades ou secretarias da Prefeitura interessadas em contar com o trabalho de voluntários. Segundo ela, Tatiane Polis não estava cadastrada no referido programa.

Suelei Gonçalves afirmou não ter ciência se a ex-assessora recebia remuneração pelos serviços prestados ao Executivo e disse ainda que Tatiane Polis não tinha poder de mando dentro da Prefeitura.

Também convocado para prestar depoimentos à comissão processante, Eloy de Oliveira não compareceu à oitiva. O ex-secretário de Comunicação justificou sua ausência declarando o seguinte: “entendo que minha segurança esteja ameaçada para comparecer à Câmara Municipal”. O convocado afirmou ainda que, em seu entendimento, o que ele havia a declarar já foi dito em depoimento oficial à Polícia Civil. Fonte: Portal Câmara

Tweets
Voltar ao Início