Saúde de Sorocaba reforça orientações sobre vacinação contra sarampo

29/08/2019

Na última segunda-feira (26) Sorocaba registrou 19 casos de sarampo. Devido à situação epidemiológica atual da cidade, a Secretaria da Saúde (SES) reforça orientações para o público-alvo que deve ser vacinado em uma das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

Desde o dia 12 de agosto, Sorocaba realiza a vacinação de sarampo em crianças entre seis e 11 meses de idade. A nova medida acontece em decorrência do momento epidemiológico atual do Estado de São Paulo.

De acordo com a SES, as crianças vacinadas entre seis e 11 meses de idade deverão se imunizar novamente com a vacina SCR (Sarampo, Caxumba e Rubéola) quando completarem um ano. E aos 15 meses, deverá ser feita a vacinação da Tetraviral (SCR-Varicela). O intervalo mínimo entre a vacina SCR aplicada nos menores de um ano de idade e a dose da vacina SCR aplicada a partir de 12 meses, deverá ser de 30 dias. 

Além desse novo público, o esquema vacinal contempla pessoas entre 1 e 29 anos de idade (duas doses com intervalo mínimo de 30 dias) e pessoas entre 30 e 59 anos de idade (uma dose). Cidadãos com 60 anos ou mais de idade não precisam ser vacinados. 

Para consultar o endereço e o horário de funcionamento das 32 UBSs, basta acessar o link –http://saude.sorocaba.sp.gov.br/ . 

A doença

O sarampo é uma doença viral aguda, altamente contagiosa, que cursa com febre, tosse, coriza, conjuntivite e manchas no corpo. A transmissão do vírus do sarampo é direta, de pessoa a pessoa, por meio das secreções nasofaríngeas expelidas pelo doente. O período de incubação é de uma a duas semanas.

A principal medida para evitar a introdução e transmissão do vírus do sarampo é a vacinação da população suscetível, aliada a um sistema de vigilância de qualidade e suficientemente sensível para detecção oportuna de qualquer caso suspeito de sarampo. Secom/Sorocaba

Tweets
Voltar ao Início